O Jornal mais lido de Pinhais

Get Adobe Flash player

VERSÃO IMPRESSA

OUTUBRO

SETEMBRO

 agosto

 

  julho 2019

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tecnologia impossibilita o acúmulo de água, contribuindo com o meio ambiente, e melhora a trafegabilidade do local

A equipe da Secretaria de Obras Públicas (Semop) de Pinhais iniciou os trabalhos de instalação de calçada porosa ao longo de toda a Rua Guilherme Weiss, que liga o Centro com o bairro Estância Pinhais. São cerca de 2 km de calçada, nos dois sentidos dessa importante via.

As obras começaram nas proximidades da rotatória com a Rua 24 de Maio e seguem até a divisa com Curitiba. A instalação da calçada porosa inicia com escavação, nivelamento e estruturação da base, e conta ainda com a colocação de meio fio, ajustes no sistema de drenagem, finalizado com a colocação do concreto poroso.

Esta tecnologia de calçamento não permite o acúmulo de água, contribuindo com permeabilização do solo e com as pessoas que a utilizam, pois não deixa poças com água. Além dessas vantagens, este calçamento tem durabilidade maior em comparação com o convencional, manutenção quase zero e execução da obra relativamente rápida.

Propostas foram protocoladas e aguardam solução para duas vias importantes do município

O secretário de Governo, Ricardo Pinheiro, esteve em Brasília nesta terça-feira, 11, para buscar soluções sobre dois pontos importantes em Pinhais. Junto com o Deputado Federal Luizão Goulart, participou de audiência com o Diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT, Weber Ciloni, para tratar da ampliação da travessia da linha férrea com a criação do binário da Vargem Grande e também sobre a adequação da obra da trincheira do Atuba, que permitirá uma ligação com o Bairro Alto em Curitiba.

De acordo com o secretário, as soluções propostas foram bem aceitas pela ANTT. "Foi uma reunião importante, pois os envolvidos demonstraram empenho em nos auxiliar nesses assuntos. Fizemos um protocolo solicitando essas alterações e agora vamos aguardar para que o assunto seja resolvido o mais breve possível", disse Ricardo Pinheiro.

A ação foi realizada com a proposta de refletir sobre a importância do Meio Ambiente

No último sábado (8), foi realizado o 28º Mutirão Nacional Escoteiro de Ação Ecológica, o MutEco, que neste ano teve o tema "Ecotismo: uma Aventura Saudável". O evento é nacional sendo realizado de forma local pelas unidades escoteiras e promovido com a proposta de refletir sobre a importância do Meio Ambiente.

Em Pinhais, grupos de escoteiros participaram do mutirão com uma ação em local paradisíaco do município, às margens da Represa do Iraí, no Parque das Nascentes.

O Mutirão contou com a participação de 207 pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos do Grupo Escoteiro Pingo D´Água, Grupo Escoteiro do Ar Thalia e o Grupo Escoteiro Quadrangular Rei Davi.

No encontro, foram realizadas atividades abordando temas ambientais: água, ar, habitat, substâncias perigosas, práticas ambientais, riscos e desastres ambientais e plantio. As atividades provocaram os jovens para a reflexão através de práticas e dinâmicas, onde puderam se expressar e indicar sugestões de ações que poderiam estar realizando junto à sociedade.

O evento teve a parceria da Sanepar, por meio da Gerência de Educação Socioambiental, que cedeu o local, além da empresa Oliplanet que forneceu um kit para coleta de óleo de cozinha.

Para os organizadores esta iniciativa incentiva os jovens a dar continuidade às ações, cada um na sua comunidade e no seu grupo escoteiro, estimulando práticas de reutilização, reciclagem e conscientização do meio ambiente.

O trecho solucionado fica entre a divisa com Curitiba até a Rua João Batista Guerra, no bairro Maria Antonieta, já em frente ao Parque das Águas ainda necessita de intervenção do DER

Após alguns meses de negociação, enfim, boa parte da iluminação no canteiro central da Rodovia Deputado João Leopoldo Jacomel (PR 415), é finalizada. Nesta semana, a equipe da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) realizou os serviços finais no trecho entre a divisa com Curitiba até a Rua João Batista Guerra, no bairro Maria Antonieta, em uma extensão de aproximadamente 5 km.

A administração municipal busca há meses a solução para este problema junto ao Governo do Estado pois, por ser uma rodovia de responsabilidade estadual, nenhuma melhoria ou intervenção pode ser realizada pela Prefeitura sem autorização. Para isso, realizou reuniões com o Departamento de Estrada e Rodagem (DER) do Paraná, apresentando relatórios técnicos para a solução do problema que afeta não somente os moradores de Pinhais, mas também de Piraquara, e de pessoas de outras localidades que precisam utilizar a via.

Trecho ainda com problema na iluminação
A Prefeitura esclarece ainda que está em busca de solucionar, junto com o Governo do Estado, a iluminação no trecho a partir da Rua João Batista Guerra, até a divisa com Piraquara que tiveram os cabos furtados.

Meninas passavam pela calçada quando foram atingidas pelo veículo, nesta quinta-feira (6); uma delas ficou gravemente ferida

 

Carro desce rampa de garagem e atropela duas adolescentes, em Pinhais — Foto: Reprodução/RPC

Duas adolescentes ficaram feridas, uma delas em estado gravíssimo, após serem atropeladas no fim da manhã desta quinta-feira (6), no Jardim Amélia, em Pinhais. As vítimas estavam na calçada quando foram atingidas por um carro que desceu sozinho da garagem de uma residência.

De acordo com testemunhas, o proprietário do veículo havia acabado de estacionar dentro da garagem de casa, onde há uma rampa. O carro, porém, desceu sozinho e com o embalo atingiu as adolescentes. O dono não soube dizer o que aconteceu, mas a suspeita é que o freio de mão não tenha sido puxado.

Uma das vítimas, de 13 anos, ficou presa embaixo do veículo e foi socorrida em estado gravíssimo pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros, que a encaminhou até o quartel do Portão. No local, uma ambulância levou a adolescente para o Hospital do Trabalhador. A outra vítima, de 14 anos, teve cortes na cabeça e foi levada com ferimentos moderados para o Hospital Universitário Evangélico Mackenzie.

Uma mulher que passava pelo local, identificada como Bruna, contou que o pneu traseiro do veículo chegou a passar pelo abdômen da vítima mais grave, que estava inconsciente.  “Ela estava com parte da cintura totalmente embaixo do veículo, e dava para ver a marca no abdômen, um corte lateral, onde o pneu tinha passado por cima. A outra, que conheço desde infância, estava com machucados na cabeça e bastante ensanguentada, mas consciente”, disse.

Os primeiros atendimentos foram prestados pelos donos da casa em que o carro estava estacionado, de acordo com Bruna. “Eles pediram a ambulância e não foram negligentes com a situação, pelo contrário, foram super solidários. Foi, realmente, uma fatalidade”, concluiu.

A prefeita Marli Paulino visitou a unidade para verificar o resultado das obras

Nesta quarta-feira (29) a Unidade Saúde da Família Tebas, no Jardim Claudia, retomou o atendimento ao público após passar por uma ampla reforma estrutural. Para verificar o resultado dos trabalhos, a prefeita de Pinhais, Marli Paulino, visitou a local acompanhada pela secretária de Saúde, Adriane Carvalho; pelo secretário de Governo, Ricardo Pinheiro; pela diretora do Departamento de Atenção Primária à Saúde, Viviane Maysa Tomazoni e pela gerente da Rede Básica, Jaqueline Juvenal Zômpero.

No local, as autoridades foram recepcionadas pelo coordenador da unidade, o enfermeiro Marcelo Carmona Basílio, que falou sobre as melhorias que o local recebeu, entre elas a adaptação para Pessoas Com Deficiência (PCD), construção de banheiro especial e de um novo no consultório ginecológico, acessibilidade para cadeirantes em todas as salas, instalação de painel eletrônico para chamamento, ampliação da sala de curativo, reformulação da sala de expurgo e esterilização da mesma, readequação do sistema de gás e readequação do sistema de lixo infectante.

Também foi realizada a troca das janelas por novas de alumínio, pintura externa e interna, instalação de placas indicativas, de toldo na sala de dentista e de para-raios, reformulação do sistema de drenagem e implantação de itens de segurança, como grades em todas as janelas. Os serviços de readequação estrutural atendem às novas solicitações do Corpo de Bombeiros e da Vigilância Sanitária e foram realizadas pela Secretaria de Saúde de Pinhais (Semsa), em parceria com o Governo do Estado.

A prefeita Marli lembrou que no momento a USF Esplanada passa por reforma similar. "Estes trabalhos visam a modernização das unidades, mais acessibilidade e adequação para as atuais necessidades da população. Trabalhamos para atender aos anseios dos nossos munícipes e melhorar ainda mais os nossos espaços, seja na Saúde, Assistência Social, Obras Públicas ou em outras áreas", ressalta.

Aumento expressivo foi impulsionado por levantamentos realizados principalmente em Pinhais e Piraquara

Já passa de 19 mil o número de afetados pelas chuvas no Paraná, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil no final da tarde desta quinta-feira (30). O aumento expressivo foi impulsionado por levantamentos realizados principalmente em Pinhais e Piraquara, na região metropolitana de Curitiba.

De acordo com os números divulgados às 18h30, Piraquara é a cidade mais afetada pelo temporal da madrugada. Ao todo, 5.402 foram atingidas de alguma forma pelas chuvas. Já em Pinhais, são 4.400 afetados. Lá, chama a atenção o alto número de casas danificadas, que já chegam a 1.100.

O boletim também atualiza os números de Curitiba. Na capital, são 2 mil afetados, mas não há registro de desalojados.

Na região metropolitana, foram afetadas ainda as cidades de Araucária, Colombo, Contenda, Lapa, Quatro Barras, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais. A principal ocorrência de danos na região foi provocada pela queda de granizo.

Paraná

No âmbito estadual, são 19.096 afetados, em 13 municípios. São 3.419 casas danificadas e 15 pessoas que permanecem desalojadas.

Segundo o tenente Marcos Vidal, da assessoria de comunicação da Defesa Civil, neste primeiro momento a Defesa Civil providencia lonas para cobertura das residências atingidas. “Este é o primeiro procedimento em situações como essa. Em seguida, será avaliada a necessidade de ações de suporte”, explicou.

Doações

A Defesa Civil Estadual cadastrou quatro pontos para receber doações na região metropolitana de Curitiba. Localizados em Piraquara, Quatro Barras, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais, os postos concentram o recebimento dos donativos.

Entre as cidades mais atingidas está Rio Branco do Sul. Lá, segundo o capitão Murilo, a principal necessidade no momento é de cobertores e colchões.

Confira os postos de coleta:

Piraquara: Associação Beneficente Dikaion (Rua Francisco Schuartz, 489, no Centro) ou Associação Beneficente São Roque (R. das Hortências, 153);

Quatro Barras: Defesa Civil (Av. Dom Pedro II, 110);

Rio Branco do Sul: Avenida Ermírio de Moraes S/N° – Em frente ao Posto Tavares CRAS Municipal;

São José dos Pinhais: Ouro Fino Barracão de Pronto Atendimento de Defesa Civil (Rua Porto Alegre – nº. 138)

f:bandab

Temporal caiu na madrugada desta quinta-feira (30). Há registros de quedas de árvores, destelhamentos, alagamentos e deslizamentos.

Árvore que caiu no Centro de Curitiba com a chuva desta quinta-feira (30) — Foto: Denilson Beltrame/RPC

chuva forte e granizo atingiram Curitiba e municípios da Região Metropolitana na madrugada desta quinta-feira (30). Em alguns locais, continua chovendo pela manhã.

O temporal causou quedas de árvores, destelhamentos, alagamentos e deslizamentos.

De acordo com a Polícia Militar (PM), até pouco antes das 7h, havia registros de 31 destelhamentos, 10 deslizamentos, cinco alagamentos e um desabamento na Região Metropolitana.

Na capital paranaense, no início desta manhã, a Defesa Civil tinha recebido mais de 15 solicitações de fornecimento de lona, por causa de estragos nos telhados. Os pedidos eram para os bairros Boqueirão, Portão, Pinheirinho, Santa Cândida e Santa Felicidade.

 

Bairros de Curitiba estão sem luz e semáforos estão desligados. De acordo com a Copel, Curitiba registrou 41 mil unidades consumidorassem luz às 9h.

Já na região metropolitana, 9,5 mil unidades estão sem luz em São José dos Pinhais, 2,7 mil em Piraquara e 1,2 mil em Quatro Barras.

De acordo com a Sanepar, por causa da queda de energia, o abastecimento de água foi interrompido em vinte bairros em Curitiba: Cajuru, Guabirotuba, Jardim das Américas, Uberaba, Fazendinha, Portão, Santa Quitéria, Vila Izabel, Seminário, Água Verde, Novo Mundo, Capão Raso, Boqueirão, CIC, Fanny, Guaira, Hauer, Lindoia, Pinheirinho e Xaxim.

A o restabelecimento do abastecimento está previso para a madrugada de sexta-feira (dia 31).

Granizo causou estragos na madrugada em Rio Branco do Sul — Foto: Reprodução/RPC

Região Metropolitana

 

Várias cidades da Região Metropolitana de Curitiba tiveram problemas por causa das chuvas.

Em Colombo, conforme os bombeiros, há mais de 150 ocorrências em atendimento, a maioria delas de destelhamento. No quartel do Corpo de Bombeiros estão sendo distribuídas lonas.

Em Pinhais, bombeiros estão nas ruas distribuindo lonas. Os bairros mais atingidos são Veisópolis, Vargem Grande, Maria Antonieta, Vila Amélia e Jardim Carla.

Em Fazenda Rio Grande, a Defesa Civil informou que ruas foram bloqueadas por causa da queda de árvores.

O evento, organizado pelo Departamento de Turismo, foi realizado no domingo (26), com saída do Parque da Ciência Newton Freire Maia

A manhã gelada não espantou os participantes da 3º Pedalada Internacional na Natureza realizada em Pinhais, neste domingo (26).  A neblina do início da manhã fez com que as paisagens ficassem ainda mais bonitas.

Os mais de 300 participantes vieram de diversos municípios, Pinhais, São José dos Pinhais, Colombo, Piraquara, Curitiba, Quatro Barras, Campina Grande do Sul e Fazenda Rio Grande.  Regiane da Silva Assunção, de Piraquara veio com a filha e três irmãos. Participante pela primeira vez estava encantada com as paisagens. "É muito lindo, maravilhoso, vale a pena todo o sacrifício. O percurso é difícil, mas é recompensador", contou.

A organização da Pedalada foi da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e credenciada pela Anda Brasil, Confederação Brasileira de Esportes Populares, instituição ligada à Federação Internacional. O percurso de 23 km iniciou e terminou no Parque da Ciência Newton Freire Maia.

O Grupo Escoteiro Quadrangular Rei Davi realizou no sábado dia 18/05 uma grande atividade com os jovens da Escola Municipal Marins de Souza Santos. 
 
Nesse ano, os Escoteiros do Grupo Quadrangular Rei Davi, trabalharam com os jovens a vivência e comunicação dos primeiros grupos humanos na terra, através de extração de tintas, pintura rupestre e posteriormente foi feito entre os jovens a interpretação desses desenhos."
 

PUBLICIDADE LEGAL

 

PUBLIQUE SÚMULAS

FALE CONOSCO

[email protected]

(41) 36638447

41-99690-0125

 

CONTATO COMERCIAL

atendimento pelo email:

[email protected]

 

Visitantes

003674980
Hoje
Ontem
Ultima Semana
Ultimos Mêses
Este Mês
Último Mes
Total Geral
665
2248
7595
3650688
44905
75590
3674980

Your IP: 162.158.123.65
Server Time: 2019-11-20 08:48:18

Facebook