Stephanes Junior assume vaga do Deputado Artagão Junior (PMDB) / Foto: Pedro de Oliveira/Alep

 

 

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), deputado Ademar Traiano (PSDB), deu posse nesta terça-feira (15), em cerimônia que ocorreu no Plenário da Casa, ao deputado Reinhold Stephanes Junior (sem partido), eleito pelo PMDB e primeiro suplente da coligação integrada por sua antiga legenda. Ele vai ocupar a cadeira do deputado Artagão Júnior (sem partido), que solicitou licença para assumir o cargo de Secretário de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SEJU).

Stephanes Junior, que já foi deputado estadual por dois mandatos e começou a carreira política como vereador de Curitiba, disse estar muito feliz com essa oportunidade: “Temos projetos importantes para serem votados; temas relevantes que precisam ser discutidos pelo Legislativo e a sociedade. Estamos enfrentando um momento difícil e fundamental para o nosso país”, declarou. O deputado disse ainda que inicia seu terceiro mandato com disposição para contribuir com todas as áreas e elogiou o trabalho desenvolvido por Traiano. “O presidente está fazendo um belo trabalho, modernizando essa Casa. Venho para somar”, assinalou.

Ele explicou que está se desligando do PMDB porque o partido não dá espaço para seus integrantes e novas ideias. Dessa forma, entende ser esse o momento ideal para buscar um novo caminho. “Essa foi uma decisão analisada com bastante critério. Muitos companheiros estão deixando a legenda”, lembrou. Acrescentou que não tinha mais condições de conviver com o que vem acontecendo no PMDB. O deputado informou que recebeu inúmeros convites de outros partidos, entre eles o PSDB, o PSD e o PSB, e deve definir sua filiação nos próximos dias.

Posse – O deputado licenciado Artagão Junior, que deve tomar posse como secretário de Estado da Justiça na próxima segunda-feira (21), afirmou que este é um momento de muita alegria porque está assumindo um grande desafio. “Sem dúvida é um estímulo para ampliar o meu trabalho e ajudar o Paraná a crescer, superando as dificuldades impostas pelo cenário nacional”, disse. Ele confirmou que a SEJU deverá nos próximos meses incorporar também o setor do trabalho, o que aumentará a área de atuação da pasta. Artagão Junior, que exerce seu quarto mandato, disse que já formalizou a desfiliação do PMDB e que deve ingressar numa nova legenda até o fim desta semana. “A tendência é ingressar no PSB, junto com outros parlamentares da minha antiga bancada. Mas estou avaliando”, explicou.

Partidos – As mudanças partidárias que estão acontecendo agora estão respaldadas na Emenda Constitucional91/2016, promulgada no dia 18 de fevereiro deste ano pelo Congresso Nacional. Assim, na chamada “janela partidária”, um período de 30 dias após a promulgação da PEC, podem acontecer mudanças de partido sem que haja punição por parte da Justiça Eleitoral. Também não haverá “prejuízo do mandato, não sendo essa desfiliação considerada para fins de distribuição dos recursos do Fundo Partidário e de acesso gratuito ao tempo de rádio e televisão”, prevê a emenda.