O secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, vistoriou nesta quarta-feira (9) as obras de duplicação da rodovia João Leopoldo Jacomel (PR-415), que liga Curitiba, Pinhais e Piraquara, na Região Metropolitana da Capital. Uma etapa importante do projeto está prevista para esta quinta-feira (10) – a instalação de 11 vigas na trincheira localizada no cruzamento da rodovia com a Avenida Jacob Macanhan, em Pinhais. A colocação estava agendada para hoje (09), mas não aconteceu devido a problemas no transporte do guindaste utilizado na operação. 

O prefeito de Piraquara, Marcus Tesserolli, e o prefeito de Pinhais, Luiz Goularte Alves, também acompanharam a vistoria das obras de duplicação que são coordenadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). 

Além da obra na trincheira, outras etapas são executadas ao longo da rodovia por várias frentes de trabalho – pavimentação, obras de drenagem e de contenção de encostas. Na divisa dos municípios de Pinhais e Piraquara está em andamento a pavimentação da alça de retorno e para acesso ao bairro Guarituba, em Piraquara. Serão três pistas em cada sentido no local. 

Próximo ao Corpo de Bombeiros, também em Piraquara, equipes trabalham na cortina atirantada, com extensão de 230 metros, para conter o barranco. Foram utilizadas estacas de perfil metálico com 17 metros de profundidade. 

Um pouco mais à frente, no trecho entre a entre a Avenida Betonex e o Corpo de Bombeiros, as obras de terraplanagem, as calçadas e a ciclovia estão praticamente prontas. São cerca de dois quilômetros, trecho em que faltam apenas o acabamento, que é a última base da pavimentação, iluminação e a sinalização definitiva. 

“Temos várias frentes de trabalho em andamento. O clima não tem colaborado, com muita chuva, mas o ritmo da obra é constante. Devemos considerar que se trata de uma obra complexa, com características urbanas, em que é preciso lidar com redes de abastecimento, e na qual é importante tomar precauções para atrapalhar o mínimo possível o dia a dia da população”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. 

O secretário também destacou o trabalho realizado em parceria com os municípios. “Os prefeitos envolvidos também participam bastante deste processo. Quem circula por aqui vê as coisas acontecendo”, afirmou Richa Filho. 

Para o prefeito de Piraquara, Marcus Tesserolli (Marquinhos), a duplicação da PR-415 vai ajudar no desenvolvimento da cidade. “Com maior facilidade de acesso, não tenho dúvidas que os moradores da Grande Curitiba virão mais a nossa cidade. Isso vai fomentar a economia, com o comércio e os restaurantes recebendo nossos visitantes”, disse. “O Governo do Estado tem sido um parceiro importante de Piraquara e Pinhais”. 

INVESTIMENTO – O Governo do Paraná está investindo R$ 145 milhões da obra de duplicação da PR-415. Serão 14 quilômetros totalmente revitalizados, com seis faixas de circulação em alguns trechos. A duplicação vai ampliar a capacidade de tráfego da rodovia por onde passam mais de 25 mil veículos por dia, a maioria automóveis leves e motos. 

O prefeito de Pinhais, Luiz Goularte Alves (Luizão), falou sobre a importância da obra para a região. “Além de muito necessária, é uma obra que vai marcar Pinhais por muitos anos. Ela significa o mesmo que significou o primeiro asfalto que colocaram em Piraquara há cerca de 40 anos”, disse. 

TRINCHEIRA – Nesta quinta-feira (10), devem ser instaladas as 11 vigas de tabuleiro que formarão a trincheira no cruzamento da rodovia com as avenidas Jacob Macanhan e Camilo Di Lellis. Cada viga tem 26,70 metros de comprimento, 1,40 metro de altura e pesa 36,4 toneladas. 

As vigas vão ficar no sentido longitudinal da Jacob Macanhan e serão apoiadas nas duas cabeceiras da trincheira. Quando ficar pronta, os veículos que seguirem de Curitiba para Piraquara, e também no sentido inverso, vão passar por baixo da trincheira. Os usuários que circularem pelos bairros de Pinhais vão passar por cima da trincheira, que terá 27 metros de vão livre. 

“As chamadas obras de arte especiais, como é o caso de trincheiras, viadutos e passarelas, são obras impressionantes. Aqui serão 11 vigas de 36,5 toneladas. Para colocá-las, será usado um equipamento apropriado, o qual existem poucos no Brasil”, disse Richa Filho. “Vamos ver uma transformação nessa região”, acrescentou o secretário. 

Segundo o prefeito de Pinhais, a obra da trincheira neste cruzamento é a mais importante para a cidade. “Agradeço ao Governo do Estado, que tem olhado para nossa região e que percebeu a necessidade desta obra, principalmente neste cruzamento da Jacob Macanhan, Camilo Di Lellis e a Rodovia João Leopoldo Jacomel. Esse local era um nossos maiores problemas, com altos índices de acidentes na Região Metropolitana, situação que agora deve ser solucionada”. 

DETALHES DA DUPLICAÇÃO DA PR-415 

Investimento R$ 145 milhões 

Extensão 14 km 

1 viaduto com 150 metros, próximo ao Carrefour 

1 trincheira na Rua Jacob Macanhan 

Alargamento das pontes sobre os rios Iraí, Piraquara e Atuba 

Uma alça de retorno 

Dois bolsões de retornos 

14 km de calçadas e ciclovias 

8 passarelas 

6 muros de contenção 

1 muro de arrimo na adutora Sanepar (próximo ao Carrefour) 

Iluminação central em todo o trecho