Ação faz parte do programa municipal Reflorescer Pinhais e objetivou ainda preservar a mata ciliar

 

A preservação dos seus rios é uma marca da gestão municipal com a constante limpeza, além da construção de parques lineares em suas margens, preservando a natureza e criando locais de entretenimento, prática esportiva e de convívio social. Para celebrar o Dia do Rio em Pinhais, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Semma), realizou nesta terça-feira (24) o plantio de 30 árvores frutíferas no Parque Linear do Atuba, no bairro Emiliano Perneta.

A prefeita de Pinhais, Marli Paulino, juntamente com a vice-prefeita, Rosa Maria, e da secretária de Meio Ambiente, Rosana Boeira Ilheu, participaram do plantio. A prefeita lembrou que a administração realiza periodicamente o plantio de árvores dentro do programa Reflorescer em Pinhais. Nos últimos anos foram mais de 4 mil árvores plantadas em todo município. “Em datas especiais realizamos ações com a participação de alunos da nossa rede de ensino, este ano, infelizmente, isso não foi possível. Mas contamos com a presença de nossos servidores neste ato que objetiva, além de tornar nossa cidade ainda mais bela, reconstituir a mata ciliar com árvores frutíferas que daqui uns anos poderão ser consumidas pela nossa população”, declarou Marli Paulino.  

A vice-prefeita, Rosa Maria, também falou sobre a falta da participação das crianças nesta ação, “mas a data não pode passar em branco nesta Lei Municipal criada pelo vereador Vinícius da Cruz. Desde o início de nosso mandato sempre preservamos nossos rios com diversas ações. Parabéns equipe pelo belo trabalho. Nesta ocasião foram plantadas árvores frutíferas de acordo com a Lei Municipal da vereadora Jane Carteira”, reforçou Rosa Maria. 

A secretária Rosana acrescenta que a criação de um pomar para a comunidade é a união de diversos fatores: “A preservação da mata ciliar, dando continuidade à arborização do nosso Parque Linear, trazer espaços junto com a natureza e ainda proporcionar um pomar público. Neste ato plantamos 30 árvores frutíferas, sendo limão taiti, araçá, cereja do Rio Grande, pitangas, goiabas brancas, laranja lima e abacateiros”, finaliza.