Município é um dos pioneiros ao realizar reunião pública nas redes sociais

Nos tempos de pandemia, muitas ações presenciais tiveram que ser ajustadas para um novo formato. A administração pública municipal precisou se adaptar a essa nova realidade e Pinhais, assim como em diversas outras áreas, também inovou ao realizar a audiência pública sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) em forma de “live” por meio do seu Facebook, sendo uma das primeiras Prefeitura a adotar esse meio de comunicação para ouvir a comunidade e prestar contas sobre as solicitações da população no ano de 2019.

Na abertura da “live”, a prefeita de Pinhais, Marli Paulino, ao lado da vice-prefeita, Rosa Maria, lembrou a importância de realizar uma administração participativa, ouvindo as necessidades da população, e que neste momento em que a realização de eventos públicos não é possível, usar as redes sociais para continuar ouvindo os desejos dos cidadãos demonstra o respeito que a administração tem com as pessoas. 

“A administração pública é uma missão compensadora e complexa ao mesmo tempo. Compensadora porque conseguimos melhorar a vida de muitas pessoas e contribuímos com o crescimento de Pinhais. Complexa porque administrar uma Prefeitura é fazer a vontade da maioria, atendendo a todas as necessidades. Por isso, em Pinhais, sempre ouvimos as pessoas e fazemos o que elas pedem. Trabalhamos para atender o máximo dos anseios da nossa comunidade, e essa ‘live’ é mais uma importante prestação de contas e oportunidade de ouvirmos a nossa população. Agradecemos cada cidadão que nos ajuda a fazer nossa cidade cada vez melhor e ser este orgulho de cidade”, falou a prefeita.

Apresentada pelo diretor de Comunicação, Márcio Mainardes, e pela diretora do Departamento de Orçamento, Sheila Cristina de Deus, a “live” serviu para sanar as dúvidas sobre o orçamento municipal e para orientar as ações da Prefeitura para o próximo ano. Os munícipes puderam participar com perguntas, como as relacionadas à questão da saúde. Por exemplo, a não existência de UTI em Pinhais, a qual é uma responsabilidade do Governo do Estado que administra a existência dessas Unidades nas cidades.

Outra questão explicada na “live” foi a diferença de recursos de fonte livre e vinculados. A primeira pode ser utilizada em qualquer área, como na construção, ampliação, reformas, contratação de serviços, por exemplo. Já os recursos vinculados são aqueles que não podem ser gastos além do que já foi determinado, assim como os recursos oriundos de fundos. 

A população ainda pode participar da elaboração do orçamento anual 2021 até o dia 14 de agosto preenchendo o questionário disponível no site da Prefeitura, apontando os itens que consideram mais importantes para o seu bairro em que moram. Posteriormente, a população poderá acompanhar no Portal da Transparência os itens mais votados.

Serviço
A população pode participar da LOA 2021 respondendo o questionário disponível até o dia 14 de agosto no link.: https://bit.ly/2Or8VdC

Veja a “live” neste link - www.facebook.com/prefeituradepinhais/videos/738243917017820/